terça-feira, 13 de julho de 2010

Crueldade

De onde vem a crueldade?
Como nasce a crueldade?
O que te torna cruel ?
O que me torna doce?
Onde nos separamos
nessa linha tênue que se chama vida?
Onde me alimentei de doçura e tu de dor?
Quando fomos roubados
do nosso direito de sermos bons?
Quando pude escolher ser boa
se na dor eu me criei?
Qual foi tua dor
que escolheste perpetuar?
Qual foi o teu gozo
que negaste te inundar?

Como nasce a crueldade?
Imperceptível e transparente
Inimiga escondida sempre
no canto escuro de nossas ante-salas...
Não preciso tocar-te a ferida
pois ferida já és...
E ser cruel é teu único ofício
que como um diamante
aprendeste a lapidar até a perfeição
Tuas mãos não constroem obras
nem acariciam a pele de outrem
Tua mão é teu instrumento de ação letal
é tua ferramenta de crueldade
que só tu aprendeste a usar
sem tua consciência consumar.

13/07/2010.

Mariana Lima de Almeida
Postar um comentário