domingo, 26 de abril de 2009

O tempo não para.

O tempo não para
mas eu sempre perco tempo
O tempo não para
mas os dias passam por mim
e eu não posso tocá-los
Estar vivo e não poder viver
é já estar morto sem descansar
E eu tô cansada
como há muito tempo não estava
As mentiras me vencem
A morte me vence.

Mariana Lima de Almeida
26/04/2009.
Postar um comentário