sábado, 21 de março de 2009

Dor

Conhecer sua doença
Conhecer-te feto mal formado
Tingindo as noites escuras
Resto de aborto humano
Vivo!
Vomitando a escória do mundo
em nossos quintais
Gérmem do ódio fecundado
em terra sem gozo.
Dor.
Postar um comentário