quarta-feira, 17 de junho de 2009

"Por cima do abismo estende-se minha alma
tensa como um cabo onde me equilibro,
malabarista de palavras."

MAIAKÓVSKI
Postar um comentário